Twitter response:

Ketchup Jack – Ketchup

Vamos falar de um condimento queridinho de grande parte das pessoas: o Ketchup.

Este ingrediente costuma acompanhar comidas como lanches, salgadinhos etc. Até em receitas mais elaborada ele vai, como no estrogonofe.

Por muito tempo aquela figura do “tomate” na embalagem pode ter enganado que ali dentro continha o alimento natural! Desvendemos o que há dentro do frasco de ketchup: é feito de uma espécie de polpa, vinagre, sal, espessantes – como goma xantana, açúcar, conservantes, xarope de milho. Tudo, menos, o tão esperado tomate.

O Ketchup é extremamente ácido ao organismo.

Ele possui muita sacarose, um açúcar que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é considerado como um produto de “calorias vazias”, ou seja, não agrega nenhum valor à alimentação e pode ajudar no desenvolvimento da obesidade.

É rico em sódio que, em excesso, pode levar o organismo a retenção de líquidos, comprometendo a eliminação de toxinas e alterando a absorção de nutrientes. Contém ainda xarope de milho de alto teor de frutose, considerado nocivo por conter metais e ser feito a partir do milho geneticamente modificado – ambos tóxicos ao organismo. Pode causar doenças cardíacas, câncer, demência, cárie, diabetes, obesidade, pois quando metabolizado eleva os níveis de açúcar.

Existe opção a este ketchup distorcido por elementos químicos utilizados em seu preparo. De preferência ao caseiro, que leva ingredientes naturais. Assim, quando for as crianças forem comer, você terá a segurança de que é feito de maneira nutritivos e com tomates de verdade!

Veja uma simples forma de gastar as calorias ingeridas em excesso:

Ketchup Jack - Extremamente ácido ao organismo
Ketchup - Extremamente ácido ao organismo

 

 

Deixe um comentário!